Home / Notícias / CRIANÇAS APRENDEM COMO EVITAR E DENUNCIAR AS SITUAÇÕES DE ABUSO SEXUAL
CRIANÇAS APRENDEM COMO EVITAR E DENUNCIAR AS SITUAÇÕES DE ABUSO SEXUAL

CRIANÇAS APRENDEM COMO EVITAR E DENUNCIAR AS SITUAÇÕES DE ABUSO SEXUAL

A partir de um vídeo com um desenho animando que mostra como existem pessoas que fazem “mal” para as crianças e ensina a dizer não! E denunciar as situações de abusco sexual, os Conselheiros Tutelares, as Psicólogas do CREAS e as assistentes sociais do CRAS conversam com os alunos das escolas da rede municipal de Ensino sobre as situações de “Abuso Sexual”.

DSC_0851

Nesta quarta-feira (15/05) foi a vez dos alunos da EMEF Paraíso, no Bairro Cidade Nova assistirem as palestras. “- Tocar nas partes íntimas de uma criança pode?” As crianças respondem: “- Nâããããão!”

DSC_0861

O que vocês devem fazer se isto acontecer? “- Temos que falar para os nossos pais”, responde uma.  – “Temos que denunciar”, grita outra e assim elas vão interagindo de maneira muito positiva com a equipe, revelando situações semelhantes as narradas no vídeo e explicitada pelos técnicos.

DSC_0895

Estas ações fazem parte do Maio Amarelo, Mês de Enfrentamento a Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, que está ocorrendo desde final de abril nas escolas da zona rural e urbana de Brasil Novo.

DSC_0806

Durante as palestras de 15 a 20 minutos, as crianças vão identificando as situações que as tornam vulneráveis, quais os prováveis abusadores e como eles agem para incutir medos e se aproveitar da inocência delas. E o que devem denunciar para os pais, professores e quem possa ajudá-las.DSC_0825

No final das palestras é explicado o papel das instituições que garantem os direitos das Crianças como o Conselho Tutelar e a Polícia e são  distribuídos folhetos com o número 100 do Disque Denúncia Nacional, e os telefones das entidades locais: Conselho Tutelar (Fone 99138-0610) , 190 da Polícia Militar e Rodoviária Federal. DSC_0897

Na quinta-feira (16/05) as palestras ocorrem na escola Padre Léo Schneider, no bairro Cidade Alta,  e na sexta-feira 9, na EMEF Carlos Pena Filho, no Km 40.

DSC_0808

Este trabalho está começando a surtir resultados. “Na terça-feira (14/05) ocorreram quatro denúncias de casos de abusos, logo após as palestras na Escola Terezinha Back”, revelou a psicóloga Tainara Mardegan.DSC_0849

No Sábado (dia 18/05)  é o Dia Nacional de Enfrentamento a Violência contra as Crianças e Adolescentes.

ADMINISTRAÇÃO POPULAR

Juntos Somos Mais Forts

 

ASCOM/PMBN Por Luis Henrique Silveira (Foto e Texto)

 

 

Deixe uma resposta

Seu email nao sera publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top